1) O que é a Biodiversidade?

O conceito de biodiversidade pode ser definido como a variabilidade de organismos vivos, o que inclui a diversidade dentro de uma espécie, entre espécies e dos ecossistemas (Artigo 2, Convenção para a Diversidade Biológica). O termo “biodiversidade” teve origem na contracção da expressão “diversidade biológica” e foi usado pela primeira vez durante o National Forum on Biological Diversity realizado em 1986 em Washington D.C. (EUA). O conceito popularizou-se a partir do início dos anos 1990, sendo actualmente usado por cientistas e pelo público em geral.


2) Qual é a importância da Biodiversidade?

A biodiversidade é responsável por serviços de ecossistema como a reciclagem de carbono, a capacidade de assimilação de resíduos, a manutenção da fertilidade dos solos, a regulação do clima, a polinização ou a dispersão de sementes. Também é responsável pela produção de alimentos, combustíveis, fibras e outros recursos renováveis, bem como produtos naturais importantes na produção de medicamentos. Para além disso, o valor da informação genética que reside nas espécies conhecidas e desconhecidas da Ciência poderão vir a desempenhar um papel importante no nosso futuro, aumentando também a resistência dos ecossistemas à perturbação humana. Por último, a biodiversidade tem um valor estético, intelectual e cultural que enriquece as nossas vidas, sendo fonte de inspiração para artistas e engenheiros e suscitando o interesse de cientistas e do público em geral.

3) O que é a Convenção para a Diversidade Biológica (CBD)?

A Convenção para a Diversidade Biológica é uma iniciativa das Nações Unidas que foi subscrita por 191 países (incluíndo Portugal), cujos principais objectivos são a conservação da biodiversidade, o uso sustentável dos seus componentes e a partilha justa dos benefícios que advêm da utilização dos seus recursos genéticos. Esta Convenção foi preparada para a primeira Cimeira da Terra, que decorreu no Rio de Janeiro (Brasil) em 1992, e estabeleceu o ano de 2010 como ano de reflexão e avaliação dos impactes da perda da biodiversidade a nível mundial.


4) Quais os principais objectivos das Nações Unidas ao declararem 2010 como Ano Internacional da Biodiversidade?

Existem três objectivos principais subjacentes a esta declaração: realçar a importância da biodiversidade para o nosso bem-estar; travar as perdas de biodiversidade, que são actualmente cerca de cem a mil vezes superiores à taxa de extinção antes dos Humanos existirem; celebrar as iniciativas de conservação com sucesso.


5) O que são os Bioeventos 2010?

Os bioeventos 2010 são um conjunto de iniciativas de comemoração do Ano Internacional da Biodiversidade a decorrer em Portugal a partir de Março de 2010, que irão divulgar o papel e importância da biodiversidade para a sustentabilidade do planeta e o papel das sociedades humanas na sua preservação. Os promotores deste programa são o Museu Nacional de História Natural e o Centro de Biologia Ambiental, principais entidades da Universidade de Lisboa dedicadas à investigação da biodiversidade, divulgação científica e educação ambiental.


6) Onde irão decorrer os Bioeventos 2010?

Como se pode constatar pelo programa dos Bioeventos 2010, há diversas iniciativas a decorrer ao longo do ano em Lisboa (Museus da Politécnica: exposições Insectos em Ordem e Linces, Lobos e Águias Reais; Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa: 1º ciclo de conferências; Fundação Calouste Gulbenkian: 2º ciclo de conferências; Aula Magna: Biodiversidade em Concerto). No entanto, os eventos relacionados com a divulgação e valorização da biodiversidade decorrerão um pouco por todo o país. O Trilho de Interpretação da Biodiversidade decorrerá em Grândola na Herdade da Ribeira Abaixo (Estação de Campo do CBA), as Estações da Biodiversidade a inaugurar estão espalhadas por diversas regiões e os participantes do Dia B serão responsáveis por registar as espécies comuns num local de Portugal Continental que desejarem.


 

Bioeventos no Facebook

Torne-se amigo dos Bioeventos,
clicando aqui

Links relacionados:

Museu Nacional História Natural

Centro Biologia Ambiental

Comité Português Para a Biodiversidade

International Year of Biodiversity 2010

Biodiversity4 all

Tagis